lateral
menu
menu
Fechar

Tratamentos específicos (alergias e hipersensibilidades alimentares, alterações endócrinas e hormonais, DCNT (doenças crônicas não transmissíveis: diabetes I e II, hipertensão, alterações lipídicas, síndrome metabólica, obesidade etc.), baixo peso, déficit de crescimento, hiperatividade, alterações gastrointestinais (constipação, diarréia, síndrome do intestino irritado, azia, gastrite, refluxo, etc.), doença celíaca, alteração e degeneração articulares (artrite e artrose), doenças auto-imune (eczema, tireoidite de Hashimoto, lúpus, artrite reumatóide, etc.)

Gestação, amamentação e introdução alimentar do lactente;

Praticantes de atividade física e atletas;

Desintoxicação;

Dietas especiais (ex. vegetarianismo)


OS BENEFÍCIOS DOS ALIMENTOS ORGÂNICOS

Muitas pessoas compram alimentos orgânicos por acreditar que são mais saudáveis do que alimentosVegetais convencionais. Mas será que realmente vale a pena investir nestes produtos?

 


Algumas pesquisas, como uma pesquisa baseada em uma comparação de dados publicados pelo USDA (Departamento de Agricultura dos Estados Unidos) publicou num estudo realizado em 2001 que as frutas e vegetais usualmente consumidos nos Estados Unidos possuíam em média a metade do teor vitamínico de seus semelhantes em 1963. Assim como outro estudo científico realizado no oeste de Chicago e publicado na Revista de Nutrição Aplicada, em 1993, que  mostrou que o alimento orgânico é  muito mais nutritivo do que o alimento convencional uma vez que comparando-se maçãs, batatas, peras, trigo e milho tanto de produção orgânica como de convencional observou-se que os alimentos de origem orgânica apresentaram, em média, 63% a mais de cálcio, 73% a mais de ferro, 118 % a mais de magnésio, 178% a mais de molibdênio, 91% a mais de fósforo, 125% a mais de potássio e 60% a mais de zinco. Além disso, o alimento orgânico apresentou, em média, 29% menos mercúrio do que o alimento convencional. Um artigo científico publicado na Journal of Agricultural and Food Chemistry (Revista de Química Agrícola e Alimentícia), em fevereiro de 2003, confirmou que milho e morangos orgânicos têm níveis significativamente mais altos de anti-oxidantes combatentes do câncer do que alimentos convencionais.
Alguns desses compostos, como os flavonóides, são componentes fenólicos com grande capacidade anti-oxidante. Muitos são produzidos pelas plantas em resposta ao estresse ambiental, como insetos e plantas competitivas. São componentes protetores que atuam como defesa natural da planta e possuem também propriedades protetoras da saúde humana e animal. A pesquisa sugere que agrotóxicos e herbicidas interrompem a produção desses componentes protetores. Uma boa nutrição do solo parece elevar os índices desses componentes naturais que têm propriedades anti-cancerígenas, estimulantes do sistema imunológico e redutores dos efeitos de envelhecimento.
VegetaisOutro estudo científico, publicado na European Journal of Clinical Nutrition (Revista Européia de Nutrição Clínica), constatou um nível maior de fitonutrientes em alimentos orgânicos. Dr. John Paterson e uma equipe da Universidade de Strathclyde, Reino Unido, mostraram que sopas de vegetais orgânicos contêm seis vezes mais ácido salicílico do que sopas de vegetais não-orgânicos. Ácido salicílico é produzido naturalmente pelas plantas como um componente protetor contra estresse e doenças. É responsável pela ação anti-inflamatória da aspirina e ajuda a combater o endurecimento das artérias e o câncer do intestino. Não é por acaso que a demanda dos consumidores por suplementos alimentícios cresceu na medida em que a quantidade de minerais e vitaminas contida no alimento provindo de agricultura convencional decaiu. Muitas pessoas não conseguem obter a quantidade e qualidade nutritiva necessária de alimentos cultivados com produtos químicos sintéticos. Contudo os fatos mostram que o alimento orgânico tem benefícios significantes para a saúde porque tem quantidades ínfimas de patógenos e resíduos químicos e maior valor nutricional em comparação com o alimento de origem agrícola convencional.

___________________________________________________________________________________

Eros & Psiquê - Consultório de Psicologia, Acupuntura e Nutrição
Rua Cel. Abílio Soares, 261, sala 121, 12°andar, Centro, Santo André, SP -
Tel: 4990-9176 / Cel: 9808-6920